twitter

{Resenha} O Chão Sob Meus Pés Thais Santos

em 13 de jul de 2019

Olá meus amores tudo bem com vocês?
Hoje trago para vocês a resenha do livro O Chão Sob Meus Pés da autora Thaís Santos uma história sobre novas chances e a oportunidade de recomeçar e reviver.

Autora: Thaís Santos
Páginas: 150
Gênero: Religião, espiritualidade
Editora: Independente
Adicione: Skoob
Compre: Ebook
Sinopse:
Lembranças. Nada do que Bruna tente é capaz de apagar a dor e as marcas do passado que insistem em aparecer a cada passo. E se ela pudesse recomeçar? Para a garota solitária, o único escape é partir em busca do desconhecido, bem longe da cidade onde tudo desmoronou. O que ela não planejava é que um pequeno papel mudaria o rumo da sua nova história.

Sem olhar para trás, Bruna decide tentar; é o que vem fazendo todos esses anos, mesmo depois do diagnóstico que mudaria todas as coisas dali para frente.

A última coisa que lhe resta é a fé, mas não há razão que a faça acreditar em segundas chances. Contrariando a sorte, quando não existe mais nada em que se agarrar, a esperança pode nascer em lugares escondidos. [TW: depressão]

Classificação:
Resenha:

O livro gira em torno da história de Bruna uma jovem que perdeu os pais e nunca mais voltou a ser ela mesma, morando com sua avó ela não recebeu o amor e carinho que precisava afinal ela também havia sofrido uma perda, e com isso desenvolveu ainda nova um quadro de depressão, quando mais velha morando em outro lugar ela decide que sua vida não tem sentido e ao tomar um trem acaba parando em uma cidade esquecida pelo tempo que irá marcar sua vida profundamente, ao chegar em uma pensão e conhecer seus moradores algo dentro dela começa a mudar e ao se aproximar de Judá um rapaz que também vive na pensão ela vai se abrindo e ao conhecer sobre a fé daquelas pessoas e suas histórias ela entende que todos passam por dores mas o forma como você lida com elas e que faz a pessoa crescer ao ter um encontro verdadeiro com Deus sua fé no impossível a cura de dentro para fora a transformando sua existência e criando vida dentro dela.
"Dizem que recordar é viver. Para mim, recordar é sentir tudo outra vez. É sangrar sem cortes quando seu coração já foi machucado o suficiente. É chorar sem lágrimas quando sua alma se encontra seca e sem esperança. Recordar é saber que nada será como antes. E é por isso que nessa nova vida me proíbo de lembrar."

"A vida roubara meus dois melhores amigos e era eu quem tinha contribuído. Nunca deixaria de me culpar. Mesmo nessa nova vida."

"Todo dia dentro desse corpo cansado é uma luta, como se me jogassem num ringue sem nenhuma proteção. Estou nua, não de roupas, mas vulnerável de alma. E não existe uma saída menos dolorosa. Nunca."

"Sinto Deus quando, pouco a pouco, a dormência da minha alma vai passando e trazendo velhos sorrisos de volta ao meu rosto cansado. Eu acredito. Sim, ainda que com o peso do mundo sobre os meus ombros, eu acredito."

"E então, lavada por dentro e por fora, começo a rir. Uma risada ainda mais alta, escandalosa e completamente fora de lugar, mas que vem no tempo certo. No minuto em que descubro que sou mais forte do que os pingos cada vez mais fracos em mim. No momento em que finalmente sinto outra vez o chão sob os meus pés."

"De um salto, me coloco de pé e tiro meu melhor sorriso do fundo da alma empoeirada. Tenho buscado todos os dias a minha própria salvação e agora percebo que me tranquei por tanto tempo que mal enxerguei o lado de fora. Todos precisamos de cura. E, às vezes, ela vem em pequenas doses de momentos felizes. Como esse."

"Talvez realmente haja um propósito para estar aqui... Quem sabe a fé esteja mesmo em acreditar no que parece impossível."

"Não posso querer pegar atalhos no processo. Eu preciso caminhar cada passo como se cada um tivesse algo grandioso para me ensinar."

"Aqui é minha nova casa, finalmente me dou conta disso e sinto algo quente no peito."

"Seus lábios tocam os meus sem pressa, como água, como o mar, ignorando a pequena pessoinha que agora envolve nós dois. Gravo o momento com carinho na memória para nunca esquecer que preciso ser forte. Por mim e por ele."

Classificação:

Eu amei esse livro ele me trouxe diversas sensações eu conheço cada sentimento da Bruna eu reconheço cada momento de fraqueza e assim com ele eu lutei para recomeçar e ainda luto todos os dias e tenho o apoio de Deus aquele me ama incondicionalmente e sei que um dia eu viverei em paz, sou grata por essa história sou grata pelo incentivo que recebi ao ler essas páginas e saber que no fim Deus nunca nos abandona.
Espero que gostem não deixem de comentar sua opinião essa história e bem tocante e extremamente edificante.
Um grande beijo fiquem com Deus 
2 comentários via Blogger
comentários via Facebook

2 comentários:

  1. Meu Deus, que resenha mais linda! Estou muito feliz em saber que a história da Bruna é capaz de tocar pessoas desse jeito.
    Obrigada por me deixar fazer parte da sua história com esse livro.
    Um beijo,
    Thaís Santos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu só tenho a agradecer por ter tido a oportunidade de ler esse livro ele me tocou profundamente...

      Excluir

Topo

Últimas do Instagram