{Resenha} Assim Como És Naiara Aimee

em 24 de mai de 2019

Olá meus amores tudo bem com vocês?
Hoje trago para vocês a resenha do primeiro romance de época que eu li seu nome é Assim Como És da autora Naiara Aimee um romance encantador onde vemos que seus defeitos não fazem você mas sim a forma como se porta.
Autora: Naiara Aimee
Páginas: 104
Gênero: Romance Cristão de Época
Editora: Portal
Adicione: Skoob
Compre: Ebook Físico
Sinopse:
Rebecca Kingsbury é uma moça gentil, doce, determinada e de aparência comum... só tem um pequeno detalhe. Ela é gaga. Mas isso não a impede de ser feliz, porém Rebecca nutre um sentimento de aversão por Henry Ashford que, doze anos atrás, a fizera se sentir extremamente humilhada. Será que agora, quando todos acreditam que ele se casará com sua irmã Rosamund, que é muito apaixonada por ele, ela o perdoará e acabará esquecendo sua antipatia por amor à irmã?
Esse é um conto cheio de surpresas e reviravoltas que irá mexer com o seu coração.



Classificação:
Resenha:

O livro conta a história de Rebecca Kingsbury e Henry Ashford um romance totalmente envolvente a cada página eu me sentia em meio aos diálogos e situações Becca nasceu com problema de gagueira e se fechava pro mundo Henry estava retornando do exército e se encantou por ela quando a viu tocar mas grandes lutas os dois travaram para ser felizes pois ela não acredita que alguém poderia se apaixonar por ela devido a seu problema mas com muito jeito ele vai chegando aos poucos até se infiltrar em seu coração.

"a menina simplesmente não conseguia pronunciar as palavras com a fluidez com que todas as outras pronunciavam."

"— Se você deixar que as pessoas façam a sua vida triste, assim realmente ela será. Becca, precisa aprender a dar pouca importância ao que pensam de você, porque aqueles que a julgarem por sua aparência, ou por seu modo de falar, são aqueles que não valem a pena ter ao seu lado, pois não sabem enxergar a essência da alma, a bondade e o amor."

"Não importava como, mas Rebecca seria forte. Não se deixaria oprimir pela mãe, muito menos por qualquer outra pessoa. Se aquele que a amava e era tão bom podia aceitá-la como ela era, então o mundo teria que engoli-la quisessem ou não. Ela não esconderia sua voz novamente."


"— Eu gosto de Becca — ponderou. — Mas penso que seu nome é muito lindo para não ser pronunciado inteiro. Prefiro chamá-la de Rebecca. Rebecca corou e baixou os olhos, rindo. 
— Até mais... Henry."

"Eu gosto da palidez noite — ponderou ele. — Ela é acolhedora, discreta, tem seus fascínios e mistérios, e como diria o grande poeta: "Às vezes em calor e brilho o Sol se excede Mas até o brilho do Sol perde a beleza E todo belo da beleza um dia se despede Por acaso ou pelo curso das leis da natureza."

"nem todas as manhãs são de Sol, mas todas as noites são de sonhos."

"Ele não disse nada, apenas fechou seus olhos e correspondeu ao abraço. Tudo que ele queria era sentir. Precisava apenas sentir. Ela estava ali, depois de tê-lo partido em mil pedaços, mas não importava, ela estava ali e isso era tudo que ele queria, o milagre que havia pedido."

"Sofrer, mas acreditar, certamente havia válido a pena e ela não trocaria de lugar com ninguém que falasse melhor ou fosse mais bonito, pois, sendo como era, tinha tudo que desejava e valorizava de modo especial cada uma delas"

"Ela estava lá, um milagre havia acontecido, e ele não fez mais nada a não ser senti-la, pois era tudo que ele desejava."

Minha Opinião:

Muito fofo mesmo, este livro foi meu primeiro romance de época e eu estou super feliz pois comecei com um romance tão fofo que nos ensina que os defeitos do só existem em nossas cabeças e que para amar não é  só olhar com os olhos e ouvir com os ouvidos mas que se sentir com o coração
Espero que tenham gostado da resenha não deixem de cometar sua opinião adoro saber o que acham dos livros.
Um grande Beijo fiquem com Deus.
0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Topo

Últimas do Instagram